Como criar um plano de marketing para micro e pequena empresa? Entenda como fazer!

Como criar um plano de marketing para micro e pequena empresa? Entenda como fazer!

Após a abertura da sua empresa é necessário expandir os seus negócios. Aumentar o faturamento e, consequentemente, o lucro da empresa é o objetivo de todas as pessoas que tem uma pequena ou microempresa. Para a realização deste objetivo, é preciso planejar e executar um bom plano de marketing

Mas o que seria um plano de marketing? E como fazer um plano que possa trazer bons resultados a empresa? Logo abaixo no veremos o que é e como fazer um plano que atenda a todas as necessidades do seu negócio. Vamos lá!



O que é um plano de marketing, afinal?

Um plano de marketing é um documento que descreve como a empresa irá divulgar sua marca, serviço ou produto no mercado que ela faz parte. Neste documento estará descrito todas as atividades que serão colocadas em pratica de maneira bem detalhada.

Um planejamento feito de maneira correta irá, com toda certeza, trazer grandes benefícios a micro e pequena empresa que fará uso deste documento. O planejamento bem-feito é aquele que irá incluir as ações mais importantes de acordo com o objetivo do negócio. Além disso, este mesmo documento tem o objetivo de explicar como essas ações se encaixam no orçamento da empresa.

Para realizar tudo isso, há a necessidade de se incluir todos os detalhes das ações e os prazos de realização de cada tomada de decisão. Quais serão as mídias usadas para divulgar o produto ou serviço da empresa e qual será o orçamento alocado para fazer isto acontecer é, antes de mais nada, uma das preocupações do planejamento.


Definição da estratégia do plano de marketing

Agora que entendemos a importância do planejamento de marketing precisamos determinar a estratégia que será usada. Para tanto, iremos determinar 3 princípios que serão o guia da estratégia do negócio: Público-alvo, Situação do mercado e da empresa e os objetivos do marketing.


Público-alvo

Como primeira medida a ser adotada precisamos entender o público-alvo do negócio. É de extrema importância entender as necessidades das pessoas para qual a sua empresa pretende vender. Sem esta informação, o planejamento será ineficiente para aumento dos rendimentos.

Para fazer a definição de um público-alvo que possa trazer bons resultados, podemos usar uma técnica em marketing conhecida como buyer-persona. Essa técnica consiste em você imaginar uma pessoa fictícia, traçando o seu perfil e objetivos como consumidor e, a partir deste perfil, você entenderá suas necessidades e como seus negócios podem ajuda-la. Caso você já tenha um público que atende, este processo fica mais fácil e entregará um resultado melhor em menos tempo.

Situação do mercado e da empresa

Após a definição do publico-alvo você precisa entender as condições do mercado e a situação da sua empresa. Para uma avaliação mais completa desse cenário, vamos utilizar uma técnica conhecida como matriz SWOT. Essa matriz tem esse nome por conta das 4 letras que possuem iniciais das palavras em inglês como: forças (Strenghts), fraquezas (Weaknesses), oportunidades (Opportunities) e ameaças (Threats).

Forças e fraquezas serão para determinar a situação da sua empresa frente ao mercado ao qual ela faz parte. Como exemplo, podemos fazer a seguinte analogia:

· Forças: profissionais capacitados, boa localização e controle financeiro eficiente.

· Fraquezas: marca ainda desconhecida, baixa capacidade de investimento, maquinas e equipamentos ultrapassados e desorganização dos processos administrativos.

Já oportunidades e ameaças serão usadas para avaliar as condições do mercado. Para explicar melhor, vamos ao exemplo simples:

· Oportunidades: Impostos que foram reduzidos, ambiente econômico favorável, abertura de um local onde há grande concentração de pessoas.

· Ameaças: Aumento do custo para investimentos, um novo concorrente no seu mercado e aumento inesperado de custos.

Objetivos do marketing

Definido o cenário externo e o público-alvo é hora de ajustar os objetivos do plano de marketing. O objetivo pode ser aumentar o número de clientes, lanças um novo produto e/ou serviço no mercado ou fazer a sua marca ser mais conhecida.

Independente do seu objetivo, sugerimos que você use os objetivos SMART para otimizar a busca por estes objetivos. Assim como a matriz SWOT, os objetivos SMART também se referem a siglas em inglês composta por 5 letras onde:

· Especifico (Specific): Detalhamento do objetivo de maneira clara

· Mensurável (Mesurable): Definição de um padrão de medida

· Atingível (Achievable): O objetivo precisa ser viável e gerar credibilidade

· Relevante (Relevant): Precisa ter impacto na empresa e alinhado com o planejamento

· Temporal (Time Based): Definição de uma data para atingir o objetivo.


Execução do plano de marketing

Com os objetivos bem estipulados é hora de executar todo o plano de marketing. Acreditamos que, com o auxílio de um calendário bem estipulado e com os objetivos SMART bem consolidado, todas as metas serão alcançadas sem maiores complicações.

Para ter uma maior efetividade, um acompanhamento cuidadoso dos objetivos precisa ser feito. Ajustes sempre serão necessário pois, o cenário externo sempre sofrerá mudanças e as adaptações tem o propósito de corrigir qualquer falha de direção. Portanto, se faz necessário uma atenção maior para a análise de possíveis cenários e correções necessárias.

Após dizer tudo isso, você é perfeitamente capaz de entender a importância do de um plano de marketing. Pode perceber também como definir estratégias, definindo público-alvo e objetivos. E por fim, percebeu que precisa haver analises de cenários externos e internos e correções caso haja a necessidade. Em vista disso, um planejamento cuidadoso de toda a situação pode trazer diversos benefícios para a sua empresa, auxiliando na tomada de decisão para o crescimento do negócio.

1 visualização

(34) 3225-2900 | Rua José Antônio Teodoro, 148. Bairro Aparecida. Uberlândia-MG · CEP 38400-772